Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2020

O Senhor não somente diz que quer nos ver, mas Ele quer nos ver outra vez.

"Eis que vos digo um mistério: Nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar dolhos, ao ressoar da última trombeta." 1 Coríntios 15.51-52

Por que a Bíblia fala relativamente pouco sobre o arrebatamento? Porque o mesmo – como Paulo expressa aqui – é um mistério. Mas em que consiste este mistério do arrebatamento para nós, que somos filhos de Deus? O próprio Senhor Jesus o revela quando fala do dia em que iremos ao seu encontro:

"Assim também agora vós tendes tristeza, mas outra vez vos verei; o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém poderá tirar. Naquele dia nada me perguntareis
."

Portanto, o Senhor diz que, no momento em que pudermos vê-lO como Ele é, todos os mistérios serão resolvidos e todas as nossas perguntas terão sido respondidas.

Também nos chama a atenção que o Senhor não somente diz que quer nos ver, mas Ele quer nos ver outra vez. Mas como poderemos vê-lO de novo por ocasião do arrebatamento? Afina…

Quando Deus entra no meio da vida – mal se torna bem!

Este é o padrão que se repete nas Escrituras: Mal. Deus. Bem. O mal veio para Jó. Tentou-o e testou-o. Jó sofreu. Deus respondeu. Falou a verdade; declarou soberania. E Jó, no fim, escolheu Deus. O alvo principal de Satanás tornou-se na estrela testemunha de Deus. O resultado foi o bem. O mal veio a Davi e ele cometeu adultério. Mal veio a Daniel e ele foi arrasatado para um país estranho; veio a Neemias, e as muralhas de Jerusalém, foram destruídas. Mas Deus respondeu. Porque Ele o fez, Davi escreveu canções de agradecimento; Daniel governou numa terra estrangeira; e Neemias reconstruiu Jerusalém com dinheiro da Babilônia. O bem aconteceu. O dono da pousada em Belém disse aos pais de Jesus que tentassem a sorte no celeiro. Aquilo era mau. Deus entrou no mundo no lugar mais humilde da terra. Aquilo foi bom. Com Jesus, mau virou bom como noite vira dia; regularmente, fielmente, refrescantemente. E redentivamente. Mal. Deus. Bem. Quando Deus entra no meio da vida – mal se torna bem! de…

O céu na terra, isso existe? Sim, para todos os que cuidam e cultivam uma vida de oração, que plantam e regam o “campo da oração”

O céu na terra – isso existe?
Sim, para todos os que cuidam e cultivam uma vida de oração, que plantam e regam o “campo da oração”, o céu vem até a terra. Somente os crentes que vivem uma vida de oração terão profunda comunhão com Cristo, e isso é literalmente o céu na terra!

Lemos que Isaque saiu “a orar no campo, sobre a tarde” (Gn 24.63, ERC). A tarde vem caindo e a noite vem chegando a este mundo. O relógio de Deus aponta nessa direção.

Ninguém terá coragem de contradizer essa afirmação, pois diariamente vemos e ouvimos que a decadência aumenta em todas as áreas da vida humana e que os sinais da Sua volta se cumprem.

Justamente por isso os cristãos renascidos deveriam cultivar ainda mais intensamente uma vida de oração, hoje mais do que nunca, entrando mais e mais nesse “campo” abençoado, pois

“ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará” (Hb 10.37). 

 trecho da mensagem
de Marcel Malgo ✓
.Devocional Dádivas do Senhor 🌸

A melhor ocasião para pedir a ajuda do Senhor é o dia da nossa necessidade espiritual.

Lucas 23:43 - E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.

Um dos ladrões crucificados ao lado de Jesus, fico tão impressionado com Sua personalidade que O aceitou como Senhor da sua vida: “Ele disse a Jesus – Lembra-Te de mim, quando entrares no Teu Reino. Jesus respondeu – Em verdade te digo que hoje mesmo estarás Comigo no paraíso” (Lucas 23:42-43).

Por ser uma das Pessoas da Trindade, Jesus Cristo é onipresente. Se tivermos fé necessária, podemos descobrir o Cristo em um templo ou em uma cruz. O que não faz sentido bíblico é afirmar que Cristo depende de liturgias religiosas, para revelar sua divindade.

A melhor ocasião para pedir a ajuda do Senhor é o dia da nossa necessidade espiritual. Por isso, o Salmo 50 nos reanima: “Invoca-me no dia da angústia: Eu te livrarei e tu Me glorificarás” (Salmo 50:15). Realmente, não importa o tamanho do nosso sofrimento: o que importa é a fé com que nos entregamos ao Cristo e suplicamos a Sua ajuda. Essas coisas acontec…

✿ Arquivo

Mostrar mais

✿ Idioma

✿ Facebook, visitem e sejam bem-vindos!

✿ Marcadores

Mostrar mais

✿ Pesquisar

✿ agradeço sua visita! Paz a vc e toda sua família!

✿ Clique na imagem para voltar ao início: