segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Buscar a Deus requer coragem, compromisso e confissão.


A verdade do assunto é que é preciso certo tipo de caráter para buscar a Deus fielmente, e nem todos escolherão ter este tipo de caráter. O chamado do evangelho separa aqueles que têm uma “raiz” em si mesmos daqueles que não a têm. Saber isto deverá estimular algum pensamento sério a respeito de nós mesmos. Temos pessoalmente o que é preciso? Estamos querendo ser iguais àqueles que têm o caráter forte interior que o evangelho requer? Buscar a Deus requer “Três C’s”: coragem, compromisso e confissão.

Se não estamos querendo pagar o preço em qualquer destas áreas, então o cristianismo não é para nós

[...]

Porque nossas escolhas fazem nosso caráter, podemos mudar de um “coração” para outro. De fato, isto é precisamente o que é envolvido com ser “convertido” a Cristo. Tal conversão não é opcional. Jesus disse que temos que mudar: “Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus” (Mateus 18:3). Seja o que tivermos sido no passado, hoje temos coragem? Estamos querendo ter compromisso genuíno com Deus? Serão nossas vidas caracterizadas por uma confissão fiel de nosso compromisso enquanto vivermos? Se assim for, temos as qualidades essenciais do verdadeiro discipulado!


–por Gary Henry

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!

A ininterrupta espera no Senhor cada vez mais liberta nosso coração dos altos e baixos de nossas emoções.

"Também através dos teus juízos, Senhor, te esperamos." Isaías 26.8 Necessitamos tanto de força e poder interior! É o que ...