Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

Quem conhece a Deus ora. À medida que o conhecemos mais, nossas orações tornam-se mais pessoais e a amizade com Deus cresce.

A comunhão com Deus por meio da oração é expressão do conhecimento de Deus.
Quem conhece a Deus ora. 
À medida que o conhecemos mais, nossas orações tornam-se mais pessoais e a amizade com Deus cresce. Assim, nós amadurecemos. Nossos corações e afetos mudam. 
Seguimos apresentando a Deus nossas súplicas por proteção, mas nos despertamos para perceber que o que mais desejamos é cultivar a amizade com a Trindade Santa, agradá-la cada vez mais e refletir seu caráter.

(Ricardo Barbosa)

Eu e Deus

Eu e Deus
Não há folha que não esteja sob os Teus cuidados. 
Não há grito que, antes de ser emitido, Tu já não tenhas ouvido. 
Não há água nas rochas que lá não fosse escondida pela Tua sabedoria. 
Não há fonte oculta que não tenha sido oculta por Ti. 
Não há grotão para uma casa solitária que não fosse planejada por Ti para ser uma casa solitária. 
Não há homem neste acre de matas que não tenha sido feito por Ti para este acre de matas.

(Thomas Merton, Diálogos com o Silêncio, Fissus, 2003)

Orações; O que falamos para Deus (súplica, gratidão, louvor, desejos e situações da vida) revelam nossas motivações, nossa moral e nosso caráter.

A oração pinta um retrato de Deus e de quem ora. Se prestarmos atenção na forma e conteúdo da oração, seja aquela que fazemos na igreja, publicamente ou em grupo, ou a que fazemos sozinhos no quarto, teremos um retrato muito fiel e real da igreja, nosso e daquilo que pensamos sobre Deus e sobre seu propósito para a igreja e o mundo.

Provavelmente os pais que oram para que Deus dê uma mãozinha para que o filho preguiçoso passe no vestibular negam em suas orações o caráter justo de Deus, e se revelam também como pessoas que pouco se importam com a justiça.

Tornam-se capazes de atribuir a Deus a “bênção” de um negócio ilícito. E orações suplicando a Deus para que não chova apenas para não estragar a festa ou o penteado, as férias na praia ou o churrasco no sábado, revelam o caráter egoísta de quem ora e a concepção de um Deus que não passa de um mágico cósmico.

Se queremos saber quem somos, o que pensamos sobre Deus, quais são nossas motivações primárias e a raiz do nosso caráter, bas…

Somos chamados para os desafios das adversidades.

Salmos 34:19 - Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR o livra de todas.

Existe, dentro da comunidade dos discípulos de Cristo, uma crença tipo mágica, segundo a qual membros de igreja estão blindados. Para este grupo, a experiência de Jó não passa de uma história bonita, mas sem realidade. Davi não faz parte deste grupo da bolha. Basta ler seu Salmo 34: “O justo passa por muitas adversidades: mas o Senhor o livra de todas” (Salmo 34:19).

Nós, os cristãos, recebemos confirmação da experiência do rei poeta, quando Jesus nos ensinou: “No mundo, vocês terão aflições. Contudo, tenham bom ânimo! Eu venci o mundo” (João 16:33). O Mestre confirma o binômio da revelação bíblica: aflição/libertação. 

Estes textos denunciam todo tipo de mágica, de insensibilidade, de superioridade pessoal. Como discípulos de Jesus, somos alvos da crucificação. Como protegidos pelo poder do Cristo, teremos ressurreição. Somos chamados para os desafios das adversidades. Somos bem-aventurados por vivenciar o am…

Aquele que confessa ao Senhor suas falhas e sua incapacidade, e se humilha, este pode contar com o perdão que é dado pelo precioso sangue de Jesus.

"...Aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao dia de Cristo Jesus."Filipenses 1.6

Se durante o dia há fúria e tempestade ao nosso redor, e o inimigo tenta de todas as maneiras nos derrubar, sabemos que estamos seguros em Jesus, e a partir dessa segurança temos a capacidade de reagir.

Este é justamente o nosso combate da fé, que pratiquemos o que dizemos crer. 
Em compensação, só somos capazes disso se, pela manhã, no silêncio, tivermos tido um encontro com o vencedor Jesus Cristo. 
Em outras palavras: aquele que quer ser vitorioso no dia-a-dia, este deve ter tido um encontro com o Vencedor. Ele dá o querer e também o executar; Ele pode o que nós não podemos pela própria força.
"A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza." 
E quando falhamos, precisamos desanimar? Não!  que confessa ao Senhor suas falhas e sua incapacidade, e se humilha, este pode contar com o perdão que é dado pelo precioso sangue de Jesus. 
Mas a renúncia é …

E porque as promessas de Deus são inquebráveis, a nossa esperança é inabalável!

Jesus encorajou seus seguidores a “orar sempre e nunca desanimar” (Lucas 18:1 NVI). Nunca poder se desanimar? Nunca perder a esperança? Nunca se sentir sobrecarregado? Nunca ser sugado para dentro da fossa do desespero? 
Dá para imaginar? Nenhum dia perdido para a angústia. Nenhuma decisão motivada por medo? Esta é a vontade de Deus para eu e você. Ele quer que nós transbordemos“de esperança, pelo poder do Espírito Santo” (Romanos 15:13 NVI). Transbordar… que verbo extraordinário para usar com esperança.

Recentemente, em determinado dia por cerca de meia hora o céu acima de mim se tornou uma catarata. Eu tinha que tirar meu carro da estrada. Os limpadores de para brisa não tinham nenhuma esperança contra este pé d’água. Cada centímetro da estrada estava encharcado. A chuva transbordou. Você poderia se beneficiar de uma esperança transbordante? Deus vai encharcar seu mundo com esperança; é uma promessa. 
E porque as promessas de Deus são inquebráveis, a nossa esperança é inabalável!
Mens…

Buscar a Deus requer coragem, compromisso e confissão.

A verdade do assunto é que é preciso certo tipo de caráter para buscar a Deus fielmente, e nem todos escolherão ter este tipo de caráter. O chamado do evangelho separa aqueles que têm uma “raiz” em si mesmos daqueles que não a têm. Saber isto deverá estimular algum pensamento sério a respeito de nós mesmos. Temos pessoalmente o que é preciso? Estamos querendo ser iguais àqueles que têm o caráter forte interior que o evangelho requer? Buscar a Deus requer “Três C’s”: coragem, compromisso e confissão.

Se não estamos querendo pagar o preço em qualquer destas áreas, então o cristianismo não é para nós

[...]

Porque nossas escolhas fazem nosso caráter, podemos mudar de um “coração” para outro. De fato, isto é precisamente o que é envolvido com ser “convertido” a Cristo. Tal conversão não é opcional. Jesus disse que temos que mudar: “Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus” (Mateus 18:3).Seja o que tivermo…

Nossa Página no Facebook

Paz a vc e toda sua família!

✿ agradeço sua visita! Paz a vc e toda sua família!

✿ Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

✿ Clique na imagem para voltar ao início:

✿ ✿ Marcadores/temas (clique)

Mostrar mais