Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2018

A ajuda de Deus está sempre ao nosso alcance.

Salmos 27:14 - Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR.

Davi sabia que alianças com outros reis podiam fortalecer seu governo. Entretanto, ele aprendeu que se apoio decisivo sempre veio de Deus. Daí o seu Salmo: “Espera no Senhor, anima-te e Ele fortalecerá o teu coração: espera, pois, no Senhor” (Salmo 27:14).

A realidade nos ensina que, na vida social, dependemos uns dos outros. Mas ela ensina, também, que a ajuda humana é precária. E, às vezes, perigosa. Não são apenas os inimigos que procuram nos prejudicar. O que mais nos machuca é a traição dos amigos, quando mais precisamos de apoio. Traições produzem estragos profundos.

A ajuda de Deus está sempre ao nosso alcance. O obstáculo à ação do Senhor reside em nós mesmos, em nosso medo de nos entregarmos ao Seu senhorio. Por isso, Davi repete: “espera no Senhor”. Nossos medos enfraquecem nossa fé. Todavia, quando nos jogamos nos braços do Senhor, aos poucos, nos damos conta do Seu poder, …

O que Deus quer que façamos? Apenas Creia. Creia nAquele que Ele enviou.

Max Lucado

Imagine que você me deu um presente. Digamos que você me presenteou com uma nova gravata. Eu a tiro da caixa, examino-a e lhe agradeço, e aí pego minha carteira. “E quanto eu lhe devo?””, eu pergunto. Você pensa que eu estou brincando. “É um presente,” você responde. “Você não precisa me pagar.” “Eu entendo,” eu respondo. Mas então eu mostro que não entendi quando pergunto, “Posso passar um cheque?” Ao tentar pagar seu presente, eu degrado sua graça. Eu roubo você da alegria de dar. Quão frequentemente nós roubamos Deus. Já pensou o quanto O insultamos quando tentamos pagar-Lhe por Sua bondade? Astuto é o esquema de Satanás. Ele nos faz questionar a graça, tentar ganhá-la. O que Deus quer que façamos? Apenas Creia. Creia nAquele que Ele enviou. Jesus respondeu, “A obra de Deus é esta: crer naquele que ele enviou”. – João 6:29 Fonte: O Trovão Gentil

O certo é ser Barnabé. Ananias e Safira é má notícia.

Mentimos a Deus, não a Pedro
Atos dos Apóstolos 5:4 - Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.

O problema de Ananias e Safira foi a ousadia de mentir ao Senhor. A sua propriedade “não lhe pertencia? E, depois de vendida, o dinheiro não estava em seu poder? O que o levou a pensar em fazer tal coisa? Você não mentiu aos homens, mas sim a Deus” (Atos 5:14).

O princípio da história foi Barnabé, “homem cheio do Espírito Santo”. Vendo a necessidade dos seus irmãos, em Jerusalém, vendeu um terreno e entregou todo o dinheiro aos apóstolos, para aliviar a pobreza dos membros da igreja. A atitude de Barnabé comoveu a todos. E multiplicaram-se as orações de agradecimento e os pedidos de bênção, em favor do caridoso levita de Chipre.

Como à vezes acontece, alguns membros da igreja invejaram o prestígio recebido por Barnabé. Pertencia a este grupo o casal Safira e Ananias. Os dois quise…

Porque as promessas de Deus são inquebráveis, a nossa esperança é inabalável!

Se você quiser ficar totalmente estressado, passe algum tempinho na frente do Relógio da Dívida dos Estados Unidos em Nova York. Ele usa 306 lâmpadas para mostrar continuamente a dívida dos EUA e a parte de cada família.

Enquanto refleti sobre o relógio a seguinte dúvida me veio: E se o céu tivesse um desses? Uma marquise que mostrasse a nossa dívida espiritual? Será que piscaria com cada infração? Mentimos … pisca. Fofocamos… pisca. Exigimos a nossa vontade… pisca.

Uma dívida financeira é uma coisa, mas e uma dívida espiritual? A dívida do pecado tem consequências sérias. Ela nos separa de Deus. 
O que podemos fazer? O apóstolo Paulo disse “agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus” (Romanos 8:1 NVI). Paulo sabia que porque as promessas de Deus são inquebráveis, a nossa esperança é inabalável!


🌺Mensagem de Max Lucado em "O Relógio Da Dívida"

Quanto mais esse caráter impulsionado pelas emoções estiver deformado, menor será seu raio de ação espiritual. Por isso, volte para o ponto de partida!

Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim."Gálatas 2.19-20

Uma alma deformada tem um caráter deformado. Isso produz a triste figura de um cristão que tem a vida dominada pelo inimigo. 
Uma pessoa assim, por ser negativa em suas emoções, vive acusando os outros. Se irrita com tudo e com todos, se altera por pouca coisa, e só não se incomoda com os próprios erros. E, por fim, ela se recolhe ofendida a um canto, aborrecida... e o inferno dá gargalhadas, pois esse foi mais um que poderia ter sido usado maravilhosamente pelo Senhor, mas foi paralisado pelo inimigo. 
Pessoas assim muitas vezes têm muitos dons e teriam condições de ser algo maravilhoso para o louvor da gloriosa graça de Deus. Mas em seus corações não existe mais espaço para outros. Quanto mais esse caráter impulsionado pelas emoções estiver deformado, menor será seu raio de ação espiritual. Por isso, volte para o ponto de partida! 
Em outras palavras: volte para a posição de est…