Ainda que pareça absurdo, é no meio das trevas que a luz de Deus mais nos ilumina... quando nós deixamos que ela nos guie.



Salmos 31:24 - Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos que esperais no SENHOR. 
Aqueles que amam a Deus, diz Davi, são cercados pelos inimigos do bem. Como a maldade do mundo é grande e constante, a confiança em Deus não deve ser tímida. Diz o texto: “Sejam fortes e tenham coragem, todos vocês que põem a sua esperança em Deus, o Senhor!” (Salmo 31:24).

Esperar em Deus não deve ser a postura idealista daqueles que são inexperientes. Deve ser a consequência de todas as vezes, ainda que pequenas, em que o Senhor nos socorreu e nos livrou: “Quando os meus inimigos me cercaram e me atacaram, Ele mostrou, de modo maravilhoso, o Seu amor por mim” (v. 21).

Esperar em Deus consiste em fortalecer nossa memória de todas as vezes, grandes ou pequenas, em que nossas soluções vieram Dele. Temos a tendência de esquecer. Os problemas vividos no presente escurecem até nossas alegrias do passado, quando sentimos a presença do Senhor, em plena adversidade. Daí a orientação do salmista – nosso modo de esperar em Deus deve ser com força e coragem! Ainda que pareça absurdo, é no meio das trevas que a luz de Deus mais nos ilumina... quando nós deixamos que ela nos guie. É neste contexto que o Senhor deu vitórias, durante as fragilidades de Paulo, afirmando: “a Minha força se aperfeiçoa na fraqueza” (II Coríntios 12:9).


Mensagem do pr. Olavo Feijó

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que você não deixa que Deus decida com o que vai se preocupar?

O Sentido da Vida... sempre preocupou a humanidade

O PAPEL DAS ESTRELAS