Quando a calamidade chegar...


Os patrões que exploram seus empregados de alguma maneira deveriam ouvir as reclamações deles “antes que elas cheguem aos ouvidos do Senhor dos Exércitos”.

Este conselho está na Bíblia. Mais precisamente na carta que Tiago escreveu ao povo de Deus espalhado pelo mundo inteiro (Tg 5.1-5).

Tiago descreve uma situação de alto risco para os patrões e empresas que praticam a injustiça. As queixas, as reclamações, os protestos, os clamores, os gritos, os brados, seja lá o que for, estão penetrando até os ouvidos de Deus, chamado no texto de o Senhor Todo-Poderoso. É Deus quem vai tomar as providências cabíveis. Tiago apenas adianta: “Comecem a chorar. Preparem baldes para as lágrimas que irão derramar quando a calamidade chegar”.

Ultimato edição 357

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que você não deixa que Deus decida com o que vai se preocupar?

O Sentido da Vida... sempre preocupou a humanidade

O PAPEL DAS ESTRELAS