Pular para o conteúdo principal

Deus não esqueceu de nenhum de nós

de Jim McGuiggan

Influenciado pela versão em Latim, é assim que a canção da virgem Maria é chamada quando ela engrandece a Deus em Lucas 1:45-55. É uma doce canção,de uma jovem santa e virgem, que agora estava carregando o Salvador que crescia dentro dela. E quem é que está louvando a Deus? Uma menina adolescente de descendência camponesa (mas ainda real). E esta canção é mais que doce e suave. Ela desafia o mundo e confia em Deus.

Esta é uma menina que conhece a aflição. A avó dela, sem dúvida, teria ouvido que em 63 AC o general romano, Crasso, havia crucificado 12.000 seguidores de Espartacus ao lado da estrada principal que leva a Roma. E ela certamente saberia que Pompeu na mesma época entrou na Palestina e demoliu a muralha ao norte de Jerusalém e violou o Santo dos Santos. Maria saberia o que Herodes o Grande, o ardoroso servidor de Roma, estava fazendo com revolucionários judeus e com todos os que não entregavam os bandidos às autoridades. E no mesmo ano em que ela teve sua criança, (provavelmente ano 4 AC), Maria saberia que Varrus crucificou 4.000 judeus perto de Magadã, na área da Galiléia, antes que ele se deslocasse ao sul, para queimar Séforis e Emaús completamente. Esta não era nenhuma criança de sedas e cetins e ela sabia como eram as cidades de guarnição militar e como as forças de ocupação oprimiam o povo.

E ela canta uma canção de desafio alegre e confiante.

Ela agradece a Deus a bondade dele para com ela, sabendo é claro que, ao fazer algo por ela, Ele tinha todos os sem voz e indefesos em mente. “Você pensa que Deus só se importa comigo?” ela parece dizer. “Que nada! Eu sou apenas uma ilustração de como Ele se sente em relação a todos nós. Você devia olhar para mim e entender, ‘Deus não esqueceu de nenhum de nós’.”

Nós poderíamos ser tentados a pensar que é ótimo que Ana (1 Samuel 1) e Maria exultem, mas quando é que vai chegar a nossa vez? Isso faz sentido! É difícil se alegrar nas bênção dos outros quando sua própria situação lhe faz subir pelas paredes. Mesmo assim, em nossos melhores momentos, a menos que estas pessoas exagerem na comemoração das suas boas notícias ou salvamento dramático, nós ficamos contentes por elas, não é? Nós controlamos a tentação de ter inveja, e desejamos a esses companheiros de luta tudo de bom. É assim que deveria ser e freqüentemente é isso que nós sentimos. E isto é uma das melhores coisas sobre nós.

Mas a boa notícia é -- e é isto o que Ana e Maria nos dizem – aqueles que Deus abençoou são testemunhas vivas de que Ele não esqueceu de nenhum de nós. A resposta à pergunta, “Quando será minha vez?” não é dada especificamente na canção. Mas há uma resposta definitiva à pergunta, “Será que minha vez chegará”? A resposta é sim! A resposta é sim porque o Deus de Ana e Maria e de nosso Senhor Jesus Cristo é fiel ao compromisso dele para com a família humana. A última e conclusiva prova disso é Jesus Cristo, a sua crucificação e ressurreição, e a lembrança adicional é a bênção das pessoas ao nosso redor.

Diga a Deus que você não quer ter inveja e que você se unirá a Maria cantando uma canção de desafio e confiança diante de um mundo de desdém e zombaria!

autoria:
'O Magnificat' de Jim McGuiggan 



Comentários

✿ Mensagens Últimos 30 dias

Meu amigo, Deus quer falar com você! Prepare-se para se conectar com Deus como nunca antes!

Oração não é o privilégio do piedoso, nem a arte de uma elite escolhida. Oração é simplesmente uma conversa de coração aberto entre Deus e um dos Seus filhos. Quando nós convidamos Deus a entrar em nosso mundo, Ele traz muitas bênçãos:  alegria, paciência, resistência.  Ansiedades vêm, mas não permanecem. Temores aparecem, daí vão-se embora. Estou completando minha sexta década, mas estou cheio de energia. Mais feliz, mais saudável, e mais esperançoso! Lutas vêm, sem dúvida. Mas, Deus também vem. Meu amigo, Ele quer falar com você. Ainda agora enquanto você vê estas palavras, Ele está batendo na porta. Abra-a. Dê-Lhe as boas vindas… e deixe a conversa começar! Aqui está o meu desafio de oração para você! Cada dia, durante 4 semanas, ore por 4 minutos com a oração simples: “Pai, o Senhor é bom. Eu preciso de ajuda. Me cure e me perdoe. Eles precisam de ajuda. Obrigado. No nome de Jesus, amém.” Daí, prepare-se para se conectar com Deus como nunca antes! mensagem d

Deus dá vitória, Confie!

"Quem há entre vós que tema ao Senhor, e ouça a voz do seu Servo, que andou em trevas sem nenhuma luz, e ainda assim confiou em o nome do Senhor e se firmou sobre o seu Deus?" Isaías 50.10 As tentações espirituais são profundas e muito fortes. Para obter vitória contra essas tentações é necessário primeiro a vitória sobre as emoções.  O espírito humano é a sede do Espírito de Deus. Nosso espírito capta o Eterno. Por isso, o alvo do inimigo é nos conduzir para a escuridão espiritual para que nos desesperemos.  O Senhor permite essas tentações para termos a oportunidade de confirmar a autoridade da vitória de Jesus: "Eis aí vos dei autoridade... sobre todo o poder do inimigo."   Mas o que podemos fazer na prática, quando nosso espírito é conduzido por uma escuridão inimaginável? Confiar no Senhor – mesmo não sentindo nada!  Se não vem resposta do alto, se parece estarmos sem saída, e se em nosso íntimo nos sentimos no fundo do poço, devemos faze

Talvez hoje o Senhor pergunte "tu me amas"?

Senhor, tu sabes todas as cousas, tu sabes que eu te amo." João 21.17 As perguntas do Senhor sempre revelam o que está dentro de nós. Se o Senhor lhe perguntar hoje:  "...tu me amas?" , e você permitir que essa pergunta entre em seu coração, de repente você notará que Ele tocou um ponto em você que há muito estava adormecido, e você se comove.  Então, do fundo do seu coração, irrompe a verdade, que há muito tempo estava soterrada: " Sim, Senhor, eu te amo porque tu me amaste primeiro."  Quando Pedro foi questionado dessa maneira, começou a se dar conta do quanto amava ao Senhor. Para ele foi como que uma revelação quando reconheceu isso, e disse cheio de emoção: " Senhor, tu sabes todas as cousas..." Com que paciência, determinação e tato o Senhor lidou com Pedro. Ele havia traído o Senhor e, ao mesmo tempo, por puro medo e covardia amaldiçoou-se a si mesmo!  O Senhor nunca faz perguntas antes que tenha chegado o tempo o

Coração que trama projetos iníquos

Os ímpios tramam contra os justos. Há tanta injustiça no mundo que pessoas boas ficam desesperadas. Mas, este quadro será invertido.   Salmo 37:12-17 diz: "Trama o ímpio contra o justo e contra ele ringe os dentes. Rir - se - á dele o Senhor, pois vê estar - se aproximando o seu dia. Os ímpios arrancam da espada e distendem o arco para abater o pobre e necessitado, para matar os que trilham o reto caminho. A sua espada, porém, lhes traspassará o próprio coração, e os seus arcos serão despedaçados. Mais vale o pouco do justo que a abundância de muitos ímpios. Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas os justos, o Senhor os sustém." Para entender melhor a atitude de Deus sobre o "coração que trama projetos iníquos", leia Salmo 50:16-23. Este trecho mostra que até pessoas que dizem ser servos do Senhor e até as que ensinam a palavra de Deus podem ser culpadas desse pecado.   Não adianta pregar a palavra de Deus e usar a mesma boca para difamar irmãos.

Os Corações que Nada Sentem

“Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca” (Apocalipse 3:15-16) A condição mais desesperada do coração humano é aquela na qual não sentimos nada, nem a respeito de Deus. Se nós absolutamente não pudéssemos sentir mais nada, estaríamos além de qualquer esperança. A linguagem mais forte nas Escrituras é reservada para os fracos de coração, aqueles que simplesmente não ligam para Deus, por bem ou por mal. Por este motivo é triste observar que o nosso mundo é um mundo que está se tornando cinzas. A vida moderna é quase totalmente definida pela indiferença e tédio que nos anulam.  Enfeitados da maneira que somos, a maioria das doenças sociais mais agudas são sintomas de um vazio crônico do coração. Nós nos tornamos, como T.S. Eliot disse, “homens vazios” . E este vazio, o nada que vem do cansaço do mundo, é assustador em sua implicaçõe

✿ Arquivo

Mostrar mais

✿ Idioma

✿ Facebook, visitem e sejam bem-vindos!

✿ Marcadores

Mostrar mais

✿ Pesquisar

✿ agradeço sua visita! Paz a vc e toda sua família!

✿ Clique na imagem para voltar ao início: