Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Advento: O tempo da preparação

Imagem
Nestes dias de Advento, antes do Natal, muitas coisas ainda precisam ser preparadas. Por toda parte há muito para se fazer e terminar. De maneira geral, as semanas do Advento deveriam ser dias de meditação e reflexão. Mas acontece justamente o contrário.
Realmente é impressionante a intensa atividade antes do Natal.
Não me refiro somente aos esforços deste mundo com as muitas decorações natalinas, cheias de brilho e de luz, para vender o máximo possível. Mas observe por um momento o seu próprio lar e o seu local de trabalho. O que você vai encontrar ali?
Inusitada atividade, muito trabalho e muitas coisas que ainda precisam ser feitas. Por que há tanta agitação nestas semanas antes do Natal, que deveriam ser de calma e reflexão? Porque na noite do dia 24 pretende-se ter tudo pronto e preparado para festejar o Natal com a família, sem mais correrias.
Tudo isso se aplica também ao Advento no Plano de Salvação, no qual nos encontramos hoje. Pois, da mesma maneira como se avalia erradamente…

Advento: O tempo da espera

Imagem
Sabemos muito bem por que nestes dias as crianças vivem numa espera tão ansiosa: por causa dos presentes e doces que receberão. Aliás, essa ansiedade também acontece com muitos adultos.
Mas, seja como for, o fato é que o tempo do Advento é caracterizado pela espera.
Por isso, muitos filhos de Deus também almejam novas bênçãos justamente neste tempo do Advento. Isso é perfeitamente correto, sobretudo porque no tempo do Advento vivemos em direção ao Natal. Almejamos um ponto culminante, e quando ele acontece esperamos um novo fortalecimento para nossa vida espiritual. 
Esperamos que o nascimento de Jesus Cristo, que aconteceu há quase dois mil anos, torne-se tão novo e real para nós que disso resulte um novo proveito interior. Desfrutaremos desse proveito se tivermos a posição correta em relação à festa de Natal. 
Ao mesmo tempo, porém, não precisamos apenas pensar em bênçãos que já recebemos – por exemplo, por ocasião do último Natal –, mas podemos almejar bênçãos ainda maiores e melhore…

Advento: O tempo da alegria antecipada

Imagem
Naturalmente o tempo da alegria antecipada no Advento tem diferentes aspectos. Mas para nós, filhos de Deus, trata-se em primeiro lugar da grande alegria – do nascimento de Jesus! 
Realmente temos razão para nos alegrar, pois está escrito no livro do profeta Isaías, onde é prometido o Príncipe da Paz: "O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz. Tens multiplicado este povo, a alegria lhe aumentaste; alegram-se eles diante de ti, como se alegram na ceifa e como exultam quando repartem os despojos" (Is 9.2-3).

Certamente está claro para cada um de nós, como filhos de Deus, que o Natal é a festa da alegria e justamente por isso podemos nos alegrar de todo o coração no tempo do Advento.
Se o tempo do Advento que se repete a cada ano já nos enche com tanta alegria por nos recordarmos da primeira vinda de nosso Senhor, o Advento do Plano de Salvação – o tempo de expectativa pela Sua segunda vinda – não deveria no…

O tempo de Advento [significado]

Imagem
"O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz."


A palavra "advento" significa literalmente "vinda, chegada". O período do Advento abrange os quatro últimos domingos antes do Natal, que dão início ao chamado ano litúrgico. Ele sempre começa no Primeiro Domingo do Advento e se estende até o fim de novembro do próximo ano. Naturalmente trata-se apenas de uma tradição eclesiástica. Além disso, sabemos que o nascimento de Jesus não ocorreu no dia 25 de dezembro. Na verdade, a comemoração do Natal passou a ser algo rotineiro, destituído do verdadeiro significado, e é cada vez mais comercial.
Quando o ano está chegando ao fim, começa o tempo de expectativa para a comemoração da primeira vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 
Mas não devemos esquecer que também quanto ao Plano de Salvação encontramo-nos no tempo do Advento, atualmente mais do que nunca! Estamos hoje no período em que rumamos clar…

É maravilhoso, o presente da adoção

Imagem
É maravilhoso não ter mais de encarar a Deus como juiz; recebê-lO ou tê-lO como Pai é insuperável.
“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai! O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus; e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados” (Rm 8.15-17).
É maravilhoso não ter mais de encarar a Deus como juiz; recebê-lO ou tê-lO como Pai é insuperável. 
Lemos freqüentemente a respeito de celebridades que adotam crianças do Terceiro Mundo. Muitos o fazem por amor ao próximo, por terem os meios financeiros, mas certamente há entre eles também os que querem apenas se manter no noticiário e melhorar a sua imagem. Deus o faz porque realmente ama você!
É quase incompreensível, mas verdadeiro: como filhos e herdeiros de Deus, os pecadores salvos estão mais pró…

Deus nos dá certificado de indulto

Imagem
“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado” (Rm 8.1-3).
Deus nos dá um certificado de indulto! 
A carne não consegue cumprir a lei. A fraqueza da nossa vida e do nosso corpo nos torna incapazes de viver de forma a nos tornarmos justos diante de Deus. Somos, por natureza, condenados à perdição e caminhamos em direção a ela.
Todo indivíduo possui o medo inato de um dia estar diante de Deus para ser condenado. Por isso, uns tentam eliminá-lO, outros tentam apagá-lO de seus pensamentos, esquecê-lO para não lembrar dEle – algo que ninguém até hoje conseguiu e que ninguém nunca conseguirá fazer.
Há um caminho melhor: podemos receber agora a absolvição e a garantia de que não…

O chamado é o começo de tudo.

Imagem
O chamado é o começo de tudo. Podemos pensar que ele acontece no momento da conversão ou também após At. 9:3-9. 
De qualquer forma, é uma experiência marcante e decisiva que muda nossa vida e nossa trajetória. 
Há alguns casos bem conhecidos na Bíblia como José, Abraão, Moisés, Isaías dentre outros.
Em todos esses casos houve uma mudança radical na vida e trajetória dessas pessoas, ou seja,
1. eles nunca mais foram os mesmos.  2. seus destinos foram determinados pelo Senhor Deus. 3. suas vidas obedeceram um programa divino - Rom. 8:30
Novamente, chama-nos a atenção a pessoa de Jesus. Ele tinha muito clara a visão do seu chamado, a ponto de dizer “minha comida e minha bebida é fazer a vontade do meu pai que está no céu”.
De fato, o chamado de Deus para nós, torna-se a razão da nossa vida... II Cor 5:14-15; I Cor. 10:31
_____________por Adhemar de Campos


Jesus Cristo é o modelo de tudo!

Imagem
Deus criou todas as coisas com um propósito específico. No livro de Gênesis encontramos a expressão, “o maior para governar o dia, e o menor para governar a noite”, referindo-se ao sol e a lua. 

Gên. 1:16 Por fim, criou o homem à sua própria imagem e semelhança, estabelecendo também um propósito bem específico para “aquilo” que poderíamos chamar de a obra prima da criação.

Passado o triste episódio do pecado e com advento do Messias prometido, o homem é devolvido à condição original, só que agora à semelhança do Cristo, acerca de quem o apóstolo Pedro declarou, “ele deixou-nos o exemplo para que sigamos suas pisadas...” I Pe 2:21
Portanto, Jesus é o modelo de tudo o que Deus quer sejamos. Devemos imitar ao Senhor em tudo.
Agindo assim, estaremos cumprindo o propósito criacional divino.

por Adhemar de Campos




Quem é nosso adversário na batalha espiritual?

Imagem
Em Apocalipse 12.9, o inimigo é descrito da seguinte maneira: "...o grande dragão, a antiga serpente, que se chama Diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo..."
Ele é o acusador, que nos acusa de dia e de noite diante de Deus. 
Com olhar maligno ele nos observa em tudo que fazemos ou deixamos de fazer e se empenha ao máximo para poder nos acusar constantemente diante de Deus.
A tática de Satanás é a mesma de sempre: primeiro ele faz com que pequemos com facilidade, e depois torna o perdão muito difícil.
A situação de muitos crentes hoje em dia não é nada fácil. 
No mundo espiritual estão acontecendo muitas coisas, pois Jesus voltará em breve. Por isso também sentimos o aumento das tribulações em nosso espírito. A maldade dos tempos finais aumenta, e esses ventos também chegam às portas dos cristãos. 
Muitos têm se queixado de depressão, melancolia, estado de irritação e desânimo – outros sentem-se cansados, miseráveis e não têm mais capacidade para nada. As acusações mútua…

O Senhor Jesus nunca irá desistir de procurá-los e de amá-los.

Imagem
Jesus respondeu e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva (João 4:10).
Cristo busca também aquelas pessoas que desceram ao nível mais baixo da degradação humana. Observemos o Senhor junto ao poço de Jacó, em Samaria. Cansado da viagem, Ele sentou-se para descansar. Chegou, então, uma mulher que veio para apanhar água em uma hora incomum do dia.
Mas o Senhor Jesus não a tratou como talvez seus vizinhos a tratassem: com desprezo. Ele demonstrou interesse por ela. Na verdade, Ele tomara aquele caminho por causa dela.
Ele pediu-lhe água para beber. Ela se surpreendeu por Ele ignorar a antiga rivalidade entre samaritanos e judeus. Mas a conversa tomou um rumo diferente: ela aparentemente nunca Lhe serviu a água, pois estava fascinada pelas palavras do Senhor Jesus.
“Se tu conheceras o dom de Deus.” Ela jamais ouvira isso antes. Ele sabia o que aquela mulher mais necessitava; o dom de Deus, a água viva. Em out…

O Amigo da família!

Imagem
E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa (Lucas 10:38)

Se o Senhor Jesus tivesse desaprovado a idéia de uma família cristã, Ele não poderia ter estado em Betânia, como vemos que esteve. E quando o observamos ali, mais um aspecto de sua beleza moral se revela. 

Ele é o Amigo da família, em cuja casa Se sente à vontade. Prova disso são as palavras: “Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro” (João 11:5).O Seu amor por eles não era o de Salvador, ou de Pastor, embora Ele fosse ambas as coisas. Era o amor de um Amigo da família.


Porém, apesar de Amigo, Amigo íntimo, que poderia fazer o que quisesse ali, Ele não interferiu no andamento da casa. Marta era a dona de casa, sempre ocupadíssima, desempenhando um papel importante e vital. O Senhor Jesus certamente a deixaria onde ela estava; Ele não alteraria ou se intrometeria em tais questões.


Lázaro talvez sentou ao lado dos convidados à mesa da família. Maria assen…

“Em Cristo”, é a resposta.

Imagem
“...vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele” (Ef 1.17).  “...vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação...” (ACF).

Quanto mais profunda e íntima for a comunhão com uma pessoa, mais determinante isso será sobre o nosso pensar e nosso agir.
Alguns acham que precisamos apenas ter mais autoconhecimento. Não! Precisamos primordialmente mais conhecimento de Deus. Quanto melhor conhecermos a Deus, quanto mais nos observarmos à Sua luz tanto mais alcançamos em autoconhecimento e reconhecimento de nossos pecados.

É terrível quando pessoas não têm consciência do pecado, pois isso é um sinal de que ainda não reconheceram a Deus.Qual é o máximo e mais profundo conhecimento de Deus que podemos alcançar? É o conhecimento de Cristo. Este é, pois, o que importa. 
Alguém, certa vez, disse: “Não podemos estar mais próximos de Deus do que quando estamos nEle”. Deveríamos ser capazes de poder “18 ...compreender, com todos os santos, qual é a largura…

UMA NOITE DE LEITURA

Imagem
Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade.
Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado.
(Salmo 32:2, 5)




“Pode ficar com sua velha Bíblia. Não preciso disso. Sou meu próprio deus!”
Com tais palavras José, prisioneiro, repeliu um cristão que visitava prisões e que lhe ofereceu um exemplar do Novo Testamento. No entanto, uma semana depois, o cristão voltou e mal pôde acreditar no que viu. José veio correndo até ele, agarrou seu braço e exclamou: “Pode me chamar de irmão!” E contou a seguinte história.
“Embora eu tenha recusado o Novo Testamento que você me ofereceu, outro prisioneiro aceitou. Quando voltamos para a mesma cela, ele me pediu para ler em voz alta o que estava escrito no livrinho. Não gostei nada disso, mas concordei porque não quis chateá-lo. Mas tem um detalhe: ele não sabia ler. Quando olhei para cima, meu companheiro já havia dormido. Continuei le…

UMA FORÇA ESPECIAL

Imagem
Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão (Isaías 40:30-31).
Jovens têm energia e virilidade para vencerem grandes obstáculos. Deus lhes deu tal capacidade. Mas há um limite, e quando se trata de questões espirituais, até os mais enérgicos perceberão que não possuem neles mesmos nenhuma força. Talvez consigam passar por muitos testes que os fazem superar fisicamente a maioria, porém, quando testados pela viva Palavra de Deus, tropeçam e caem, não física, mas espiritualmente.
Não importa se é jovem ou velho, existe uma força e um poder espiritual disponíveis a todos os que pela fé esperam no Senhor. Tal espera envolve uma dependência que confia no Senhor para prover a constante e necessária renovação da força. Isso é miraculoso e sobrenatural, mas real e prático.
“Subirão com asas como águias.” 
É claro que não é algo litera…

A correta decisão

Imagem
Deus quer que oremos. E Ele quer atender nossas orações.  Mas isso requer obediência à Sua Palavra e um estilo de vida santificado.
Sabendo que Ele escuta e responde, podemos deixar a decisão da resposta com Ele, na certeza de que está sempre certo, independentemente da solução que nos proporcionar. A esse respeito, Deus diz:
“Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais” (Jr 29.11). 
Samuel Rindlisbacher 





Deus pode fazer além do que imaginamos

Imagem
E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus… Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8:28,31).
O VITRAL RESTAURADO
Durante uma tempestade, uma forte rajada de vento estilhaçou o mais famoso vitral da igreja, o qual ficou reduzido a cacos no chão. Os fragmentos foram cuidadosamente recolhidos e guardados em uma caixa. 
A janela foi consertada com vidro transparente. Certo dia, um talentoso artista decidiu restaurar o vitral. Com a ajuda de fotografias e dos fragmentos, ele fez um trabalho tão primoroso que conquistou a admiração dos paroquianos.

Quantos de nossos planos e intenções são despedaçados pelas tormentas da vida?

Frustrações, acidentes, doenças, mortes, desemprego, problemas financeiros – tudo isso pode provocar crises tremendas dentro de nós.

Necessitamos de encorajamento! Temos de confiar em Deus. Se Ele permitiu qualquer uma dessas coisas é porque sem dúvida tem algo muito melhor para n…

Simplesmente, Jó aprendeu a confiar em Deus!

Imagem
Não sabemos todas as respostas. Muito sofrimento fica sem explicação. Jó passou seus dias implorando a Deus que lhe desse audiência e lhe explicasse porque sofria. Quando Deus finalmente apareceu, ele demonstrou que Jó não tinha capacidade nem para entender a resposta, muito menos para discutir com seu Criador. E no final, 
Jó aprendeu a confiar simplesmente em Deus. 

Algumas vezes o sofrimento que é inexplicável no momento, mais tarde é facilmente compreendido. Por que Deus permitiu que José fosse vendido como escravo e depois definhasse na prisão por manter sua pureza? Mais tarde o propósito ficou claro. Deus nunca prometeu que explicaria satisfatoriamente tudo o que acontece no mundo. Mas podemos confiar nele.
por Gary Fisher


QUEM É O SEU PAI?

Imagem
Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus (1 João 3:10).


Aqui a Bíblia divide a humanidade em dois grupos: os filhos de Deus e os filhos do diabo. Somente os que “nasceram de Deus” (João 1:13) pela fé no Senhor Jesus pertencem à família de Deus. E tal distinção, ainda que pareça dura para nós, é feita pela Bíblia, ou seja, pela Palavra de Deus.


Muitos se chocam por causa dessa afirmação e censuram os que crêem argumentando que tal separação é uma injustiça. Até citam as palavras do Senhor em Mateus 7:1: “Não julgueis, para que não sejais julgados”. Porém, no contexto de Mateus, o Senhor está falando sobre não julgar os motivos do próximo, e da nossa prontidão para criticar os outros e suspeitar de tudo.


O versículo de hoje trata dos que pertencem ou não à família de Deus. Como um filho de Deus poderia amar seus irmãos e irmãs se não fosse capaz de saber quem são ou se não houvesse uma clara difer…

É tempo do fim em qualquer área

Imagem
É tempo do fim em qualquer área, inclusive na religiosa. 

Apostatar de Deus e de Sua Palavra são atitudes que têm aumentado constantemente. Isso torna as pessoas cada vez mais cegas diante dos perigos e enganos religiosos.


Lemos na Segunda Carta aos Tessalonicenses: "É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça" (2 Ts 2.11-12). 

É justamente o mundo ocidental que está se despindo de seu manto "cristão" e se despojando de tudo o que lembra o cristianismo ou que se aproxime das verdades bíblicas. 

Mas, ao fazer isso, parece não perceber que está passando a usar uma camisa-de-força imposta por outras influências. Onde Jesus Cristo e Sua Palavra são colocados de lado, idéias brutais e cruéis, estranhas e erradas passam a ocupar seu lugar. 

Não é de admirar que Deus entregue uma nação à ditadura de poder…

Preciosa Natureza

Imagem
sejam bem-vindos!
http://www.facebook.com/pages/Preciosa-Natureza/493642833990727








SOLO FÉRTIL

Imagem
Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja confiança é o Senhor. Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto (Jeremias 17:7-8).


Para uma árvore vicejar e dar fruto, ela depende da qualidade do solo em que está plantada. Se plantada próximo ao um ribeiro que não seca no verão, suas raízes irão absorver umidade adequada. Isso é mais importante nas zonas quentes do planeta do que nas zonas de clima moderado. Muitos ribeiros caudalosos na estação chuvosa se tornam um leito de terra rachada no calor.

Aqui a ilustração da árvore é usada para descrever uma pessoa cuja vida tem sentido e é frutífera, independente das condições externas. 
O rio significa a “água viva” sobre a qual o Senhor Jesus falou à mulher samaritana, que se “fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna” (João 4:14).
Ele oferece essa água a todo…

Disciplina bíblica dá bons frutos

Imagem
A atual pedagogia, alheia à existência de Deus, humanística e anti-autoritária, levou os jovens a uma postura desafiadora e rebelde contra toda e qualquer autoridade. E isto deve ser debitado na conta de nós, adultos, nós que negligenciamos os princípios de Deus.
Se deixarmos as coisas tomarem seu próprio rumo, nos dirigimos ao ponto que é descrito por Isaías 3.4 da seguinte maneira: 
"Dar-lhes-ei meninos por príncipes, e crianças governarão sobre eles." 
O espírito de desrespeito, de chantagem, destruição e violência atinge mais e mais também os nossos filhos. E eles são, por sua vez, vítimas, por lhes faltarem os exemplos e os valores tão fundamentais para suas vidas. E isto representa uma clara acusação para nós, pais cristãos, pois exatamente nós é que deveríamos ser exemplos, segundo a vontade de Deus. 
Para uma educação no temor do Senhor é preciso ensinar aos filhos a auto-disciplina e não negligenciar o castigo.
"O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que …

Precisamos aprender a obedecer

Imagem
Hebreus 5:1-14
Que contraste há entre o santo Filho de Deus e o sacerdote escolhido entre os homens e forçado a ser tolerante por causa de suas próprias fraquezas. O versículo 8 expõe outra diferença. No que se refere a nós, precisamos aprender a obedecer porque somos essencialmente desobedientes. 

O Filho de Deus teve de aprender a obediência por uma razão completamente distinta. 
Como soberano Criador, Ele não estava sujeito a ninguém. Obedecer era uma experiência totalmente nova para Ele. E neste aspecto, Ele é o exemplo e o modelo de obediência "para todos os que lhe obedecem" (v. 9).

Em qualquer grupo, o líder investido da maior autoridade é aquele que primeiro executou, nas condições mais difíceis, as tarefas que delega posteriormente aos seus liderados. Aprendamos a obedecer na escola do Senhor Jesus. 
Mas que tipo de aprendizes nós somos?  Será que a expressão do versículo 11, "tardios para ouvir", não se aplica a nós? 
A Palavra de Deus aqui não é, como no versí…