✿ Registre seu email e receba as mensagens deste Devocional:

Pesquise

terça-feira, 1 de março de 2016

Como posso ajudar? Peça ao Senhor uma estratégia e deixe o amor dEle fluir através de você!


Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens (Tito 3:8).

SENDO ÚTIL 
A Palavra de Deus menciona vários tipos de “obras”. Certa vez perguntaram ao Senhor Jesus: “Que faremos para executarmos as obras de Deus?” A resposta foi: “A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou” (João 6:28-29). Quando se trata de salvação da alma, nossos próprios esforços para agradar a Deus são totalmente inúteis. Nessa questão somente a obra de Deus é suficiente, e esta obra é a fé no Senhor Jesus, o Único capaz de nos salvar.

Em Tiago 2:18 somos ordenados a dar provas dessa fé diante dos homens por meio de nossas obras. Nas explicações que se seguem a Palavra de Deus nos mostra dois exemplos de como isso é possível. De um lado, devemos estar preparados para dar tudo a Deus, como Abraão fez; de outro, devemos fazer o que pudermos pelo povo de Deus, como Raabe fez. Tais obras demonstram na prática que amamos a Deus e nossos irmãos, e são provas da vida eterna que há dentro de nós (1 João 3:14).

No versículo de hoje, as boas obras consistem em um coração compassivo e em mãos abertas para suprir as necessidades e carências de nossos semelhantes. Isso não significa que simplesmente devemos dar tudo o que nos for pedido sem um exame criterioso da situação. Em geral, quando se fala sobre ajuda aos necessitados, pensamos logo em dinheiro, porém, existem inúmeras formas de ser útil.

Todos os que crêem em Cristo deveriam ser conhecidos como pessoas que não são indiferentes às dificuldades dos outros e que sempre buscam uma maneira de ajudar. Peça ao Senhor uma estratégia e deixe o amor dEle fluir através de você!
                                                                     BoaSemente-apaz/todo_dia/2012/Abril11.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!