Como viver a realidade do amor de Deus?

Muitos cristãos se sentem insatisfeitos consigo mesmos, vulneráveis a críticas e à dúvida, com uma imensa necessidade de ser amados, aceitos e perdoados.

De fato, se nossa identidade está baseada somente na imagem que temos de nós próprios e dos outros, iremos buscar nos valorizar de acordo com os padrões estabelecidos pela sociedade.

Porém, quem nos dará a verdadeira paz interior e libertadora? Somente Deus pode fazer tal coisa, porque seu olhar sobre Seus filhos é de amor e compreensão. Ele dá Seu amor livre e incondicionalmente. Não somos dignos dEle, não O merecemos, mas esse amor é uma realidade.

Graças à obra de Cristo na cruz tenho um preço inestimável para Deus. Não necessito provar meu valor, pois Ele me ama tal como sou. Minha verdadeira identidade está baseada no valor que Deus me deu ao me criar, e ao me tornar filho seu.

Qual é a chave da plenitude e da liberdade do crente? É me ver da maneira que Deus me vê, saber o que Ele pensa de mim e crer nisso. Deus nos amou quando ainda éramos pecadores e nos perdoou totalmente por causa de Cristo

Como viver a realidade do amor de Deus? Lendo a Palavra de Deus para sabermos o que nela já está registrado sobre Seu Filho Jesus, "o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa" (Hebreus 1:3); e pedindo que o Senhor revele Seu amor para nós pessoalmente.

                                        fonte: Boa Semente/Devocional 2014


Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!