✿ Registre seu email e receba as mensagens deste Devocional:

Pesquise

segunda-feira, 1 de junho de 2015

A mocidade precisa saber disso.

O mundo hoje é melhor devido à influência da Bíblia. Mesmo os próprios inimigos da Bíblia admitem que nenhum livro em toda história da humanidade teve tamanha influência para o bem. Eles reconhecem o seu efeito sadio na civilização. Milhões de pessoas, antes de conhecerem, amarem e obedecerem a esse Livro, eram escravos do pecado, dos vícios, da idolatria, do medo, das superstições, da feitiçaria. Eram mundanas, vaidosas, iracundas, desconfiadas etc. Mas, depois que abraçaram esse Livro, foram por ele transformadas em criaturas salvas, alegres, libertas, felizes, santificadas. Abandonaram todo o mal em que antes viviam e tornaram-se boas pessoas para a família, para a sociedade e para a pátria.   


Não há outro livro com o poder de influenciar e transformar beneficamente, não só indivíduos, mas regiões e nações inteiras, conduzindo-os a Deus.

Disse o grande comentador devocional da Bíblia, doutor. F. B. Meyer: “O melhor argumento em favor da Bíblia é o caráter que ela forma”.

[...]

Quanto à educação, não há filosofia educacional segura se não for alicerçada sobre os ensinos fundamentais da Bíblia. A educação moderna reconhece que a formação do caráter é a suprema finalidade de seu trabalho, mas isso não irá longe, a menos que se reconheça que a única base do verdadeiro caráter é a Bíblia. Fé na Bíblia é a maior força de qualquer moço ou moça na prossecução da vida e da carreira educacional. A mocidade precisa saber disso. A tragédia é que, professores aos milhares em todo o mundo, saturados e narcotizados por falsa dialética e filosofia vil, desencaminham os jovens, desde a mais tenra idade.

A Bíblia é o livro mais maravilhoso do mundo e seus ensinos tão simples, e ao mesmo tempo profundos, servirão de guia para uma vida mais feliz e mais bem sucedida, sendo sempre a base segura e única para encontrarmos o nosso Criador na eternidade.

                                                 trecho do texto de: Pr Antonio Gilberto



Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!