✿ Registre seu email e receba as mensagens deste Devocional:

Pesquise

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Que o Senhor nos ajude a medir nossas palavras!

Palavras ditas com pressa freqüentemente ferem. "Alguém há cuja tagarelice é como pontas de espada, mas a língua dos sábios é medicina" (Prov.12:18). Precisamos sempre pensar antes de falar, porque quando falamos impulsivamente metemo-nos em apuros e criamos conflitos. 

Precisamos não ser apressados na discussão: "Não te apresses a litigar, pois, ao fim, o que farás, quando o teu próximo te puser em apuros?" (Prov.25:8). E temos que ser cuidadosos em não fazer promessas apressadas ao Senhor uma vez que ele espera que todos os nossos compromissos sejam cumpridos: "Laço é para o homem o dizer precipitadamente: É santo! É só refletir depois de fazer o voto" (Prov.20:25). 

É tão fácil comprometermo-nos sem refletir seriamente no que será exigido para cumprir o voto! 

Há poucas coisas mais perigosas do que uma língua solta. Em Provérbios, o cúmulo da estupidez é o insensato. Mas até o insensato é superado por duas classes de pessoas: o homem orgulhoso (veja 26:12) e o falador impulsivo: "Tens visto um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há para o insensato do que para ele" (Prov.29:20). Que o Senhor nos ajude a medir nossas palavras!


___________ por Gary Fisher


Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!