Impaciência humana

Salmos 40:1 - ¶ [Salmo de Davi para o músico-mor] Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. 

No mesmo Salmo que começa com esperança, Davi termina, clamando "meu Deus, não te demores". O primeiro verso exclama: "Esperei com paciência no Senhor, Ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor" (Salmos 40:1).

Ninguém pede aquilo que já possui. O Salmo 40 descreve profundamente a luta entre nossa característica humana de tempo, contra a incompreensível natureza divina da eternidade. É por isso que esperar incomoda tanto. É por isso que, quando esperamos, nós o fazemos com impaciência. E é por isso, também, que nossos angustiados olhos da impaciência não percebem o Senhor que se inclina para nós e que já ouviu o nosso clamor...

Há duas coisas, diz o salmista, que podem nos aliviar de nossa impaciência, em atitude de espera no Senhor. A primeira é crer que, segundo a Sua palavra, Ele sempre se inclina para nós. Ele se inclinou para nós na manjedoura. E, também, na dureza da cruz. E, paternalmente, no envio do consolador. A segunda coisa é crer que Ele já "ouviu o meu clamor".

Não foi isso que disse Jesus, quando nos afirmou que o Pai sabe, "antes que nós o peçamos"?. A única saída, então, para nossa impaciência humana é vivenciar a realidade das promessas eternas.

___________  mensagem de Pr. Olavo Feijó


Um comentário:

seu comentário sempre é bem-vindo!