Não podemos ser felizes longe do SENHOR!


Deuteronômio 28:15-32 

Deste ponto até o final do longo capítulo 28, o Senhor lista as maldições que aguardam Israel caso o povo não dê ouvidos à palavra de Deus. Infelizmente, as Escrituras, bem como a história desse povo, confirmam o fato de que eles “eram duros de cerviz” e, conseqüentemente, todas essas aflições os alcançaram. 

Para nós que estamos debaixo da graça, a responsabilidade é ainda maior, por isso somos advertidos a ter cuidado e a não recusar ao que fala (Hebreus 12:25). Podemos não somente rejeitar as palavras, mas também a Pessoa que as profere.

Se ainda permanecermos surdos à voz de Sua boa Palavra, torna-se imperativo a Ele usar outra linguagem muito mais dolorosa e grave: a linguagem das aflições. Enquanto persistirmos em seguir nossa vontade, necessariamente nos depararemos com a vontade de Deus contra nós. 

Temos de aprender a discernir Sua vontade por trás das medidas disciplinares que Ele usa conosco. E que o Senhor nos livre de termos de suportar todo tipo de experiências dolorosas antes de compreendermos que não podemos ser felizes longe dEle! O filho pródigo nos ensina essa lição (Lucas 15).

fonte: http://www.beth-shalom.com.br/todo_dia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!