Servos de Cristo, Continuem Progredindo!


A igreja de Tessalônica teve seu início no meio de perseguições e tumultos (leia a história em Atos 17:1-10). Paulo ficou tão preocupado com a fidelidade desses novos discípulos que ele decidiu ficar sozinho em Atenas e mandou Timóteo para Tessalônica (1 Tessalonicenses 3:1-2). 

Quando Timóteo voltou e encontrou o apóstolo em Corinto, Paulo ficou aliviado e mandou sua primeira carta aos tessalonicenses para os animar e instruir (Atos 18:5; 1 Tessalonicenses 3:6). No quarto capítulo dessa carta, ele destacou dois temas importantes na vida de cada cristão: a santidade (4:1-8) e o amor fraternal (4:9-12). 

Em ambos os casos, ele fez observações interessantes sobre o progresso desses novos irmãos. Ele disse que os tessalonicenses estavam praticando o bem, e os animou a continuar progredindo (leia 4:1,9-10).

Estavam fazendo bem, mas precisavam progredir mais! A linguagem de Paulo nesse trecho frisa bem um ponto que todo servo de Cristo deve compreender. Mesmo quando fazemos bem, precisamos continuar progredindo. Considere algumas aplicações desse princípio.

Há pessoas que se preocupam com a sua salvação até ao ponto de crer, se arrepender e se batizar. Mas, uma vez feitas essas coisas, param de crescer. É como se a única coisa importante fosse a entrada no corpo de Cristo. Erram por não continuar crescendo (veja 1 Coríntios 3:1-3).

Alguns outros crescem bem por um tempo, mas depois ficam contentes com suas vidas e seu conhecimento da palavra de Deus e deixam de se esforçar. Seja cansaço ou preguiça, tais atitudes deixam a pessoa inútil no reino de Cristo. 

O autor de Hebreus advertiu os seus irmãos por ter estacionado na vida cristã: "Pois, com efeito, quando devíeis ser mestres, atendendo ao tempo decorrido, tendes, novamente, necessidade de alguém que vos ensine, de novo, quais são os princípios elementares dos oráculos de Deus; assim, vos tornastes como necessitados de leite e não de alimento sólido" (Hebreus 5:12). Vamos crescer na graça e no conhecimento do Senhor (2 Pedro 3:18).

por Dennis Allan


Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!