O maior sanduíche do mundo!

Quando Jesus disse aos discípulos que uma multidão com mais de cinco mil pessoas devia ser alimentada por eles, a reação foi de estranheza. A reação de André foi até estapafúrdia: “Aqui está um rapaz com cinco pães de cevada e dois peixinhos – mas o que é isto para tanta gente?” (João 6:9).

Quase todo crente sincero já passou por situações difíceis, nas quais as palavras do Mestre pareceram não se encaixar. Quantos de nós, diante de problemas prementes, olhamos honestamente para as “soluções” da Bíblia e, com muita preocupação, tememos que as propostas bíblicas não sejam soluções. Afinal de contas, a pergunta de Filipe tinha lógica: ainda que tivéssemos “duzentos denários”, a fome do povo continuaria...

Felizmente, o evangelista João apressou-se a esclarecer: Jesus “já tinha em mente o que fazer”. Nas crises de nossa vida, Jesus sempre sabe o que fazer. O que Ele quer é testar nossa dedicação a Ele e ao Seu poder de resolver nossos problemas.

Quando fugimos para um canto e, às escondidas, comemos nosso sanduichinho de cinco pães e dois peixes, a multidão continua com fome. Quando, apesar de não entendermos muita coisa, temos a coragem de entregar a Jesus o pouquíssimo que temos, o Mestre transforma nossa pequena oferta no maior sanduíche do mundo!

mensagem de pr Olavo Feijó

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!