As crises da vida abalarão nossa fé no Senhor?


Quando tudo vai bem, é fácil confiar no Senhor e seguir sua vontade. Mas, quando aparecem problemas e o serviço de Deus fica difícil, há uma forte tentação para abandonar as soluções de Deus e procurar nossas próprias soluções.

O Salmo 11 foi escrito num período difícil da vida de Davi. Saul caçava-o implacavelmente. Amigos bem intencionados, vendo seu apuro, encorajaram-no a inventar seu próprio modo de resolver o problema. Eles aconselharam: "Foge, como um pássaro, para o teu monte".  O modo de Deus não dará certo; você tem que arquitetar o seu próprio plano. 

Esses amigos focalizaram no problema terrestre: o poder, a injustiça e a traição dos homens (Salmo 11:2-3). Daí o conselho: "Foge . . . para o teu monte."

A resposta de Davi focalizou no Senhor. Ele fez cinco afirmações (Salmo 11:4-7):

1. O Senhor está no seu trono. Deus está no comando.
2. Os olhos do Senhor estão alertas. Ele sabe exatamente o que está acontecendo.
3. O Senhor experimenta tanto o justo como o ímpio. As crises da vida são testes de nossa confiança na vontade do Senhor.
4. O Senhor odeia os ímpios. Ele os pune.
5. O Senhor ama os justos. Aqueles que se mantêm fiéis permanecerão na presença do Senhor.

Encaramos situações difíceis. Amigos nos aconselham a procurar nosso próprio modo e ignorar os mandamentos de Deus. As crises da vida abalarão nossa fé no Senhor? Ou veremos Deus em seu trono e nos submeteremos à sua vontade, apesar das consequências? Que Deus nos ajude a nunca fugir para nosso monte, mas sempre confiar nele.

-por Gary Fisher 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!