Deus de toda consolação


"Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras." 1 Tessalonicenses 4.18

Consolar o próximo é uma parte importante do discipulado de Jesus Cristo. É essencial compreender corretamente a expressão "Deus de toda consolação." Porque em sua essência Deus é amor, Ele é o "Deus de toda consolação." 
 
Sejam quais forem as suas tentações, desilusões, tristezas e enfermidades: Deus está disposto a consolá-lo e a vir em seu auxílio.

A verdadeira consolação que podemos ministrar uns aos outros por meio da verdadeira comunhão com o Pai e com o Filho é aquela que expressamos quando testemunhamos: nosso Senhor vem em breve!

Nossa consolação e nossa esperança é a real e iminente vinda do Senhor Jesus Cristo. Porque Deus é amor, e assim o "Deus de toda consolação", nós O amamos, amamos "a sua vinda." Por Seu amor em nós, estamos dispostos a renunciar a todas as coisas terrenas e a direcionar todo o nosso amor Àquele que está voltando: "...porque o amor de Deus é derramado em nossos corações pelo Espírito Santo."

Somente nesta realidade temos condições de ministrar a consolação e o amor de Deus a um mundo cheio de problemas. Sem demora, Jesus voltará "e Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima", dos nossos olhos também.

Wim Malgo
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!