✿ Registre seu email e receba as mensagens deste Devocional:

Pesquise

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

DEUS, Ele é o Sustentador

[...] Nós vivemos e funcionamos pela força da providência sustentadora de Deus todos os dias. Suportamos dificuldades e o processo de crescermos até a maturidade em Cristo. Recebemos bênçãos em nossa família por causa da graça sustentadora de Deus.

Deus, de fato, mantém nossa própria existência: “Pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos” (At 17.28). Por virtude da natureza de Deus, Ele é a base da existência. Ele não depende de ninguém. Ele é completamente auto-suficiente, é Aquele que sustenta toda a vida até o dia em que declarar que tudo está terminado.

Deus é também o fim de todas as coisas. Tudo existe para Seu prazer. Apocalipse 4.11 fala que vinte e quatro anciãos estão na sala do trono nos céus, adorando a Deus. Como pessoas que já viveram toda sua vida e foram promovidas para o céu, elas falam a partir de uma perspectiva celestial: “Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque todas as coisas tu criaste, sim, por causa da tua vontade vieram a existir e foram criadas”


Finalmente, tudo existe para Deus.

Que consolação deveria ser o fato de que esse Criador majestoso, todo-poderoso, todo sabedoria, ama você e a mim. Ele nos ama tanto que “deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16).

Geralmente temos atitudes erradas na pequena vida que vivemos. Exageramos nossa importância e centralidade. E quando tudo parece estar ruindo ao nosso redor, ainda fracassamos em enfocar Aquele em quem, através de quem, e para quem são todas as coisas. Todas as coisas existem para a glória de Deus. E, um dia, todos na Terra glorificarão o Seu nome.

parte texto de Richard D. Emmons


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!