A oração é uma porta sempre aberta!

 Se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus e ele a dará. (Tg 1.5a)

É tudo muito simples! Se alguém chegar à conclusão de que não tem sabedoria suficiente ou mesmo nenhuma sabedoria, não fique desesperado. Ao contrário, olhe para cima e faça esta oração: “Ó Deus, dá-me sabedoria”
 
Se preferir, faça uma oração mais longa e específica: “Ó Deus, dá-me sabedoria para eu lidar com meu cônjuge, para eu educar meus filhos, para eu discernir entre o certo e o errado, para eu andar nos teus caminhos, para eu entender a tua Palavra, para eu descobrir a tua vontade”.

De fato, é muito simples. No entanto, antes de dobrar os joelhos em oração, a pessoa tem de ser humilde o suficiente para entregar os pontos e enxergar sua responsabilidade e sua necessidade pessoal de sabedoria.

Foi exatamente isso que fez Salomão. Depois de reconhecer que era jovem demais (sem a necessária experiência) para governar, e que o povo era muito numeroso, o jovem rei orou: “Aqui estou eu no meio do povo que escolheste para ser teu, um povo que é tão numeroso que não pode ser contado. Portanto, dá-me sabedoria para que eu possa governar o teu povo com justiça e saber a diferença entre o bem e o mal. Se não for assim, como é que eu poderei governar este teu grande povo?” (1Rs 3.8-9).

O recurso da oração não funciona apenas quando o que está em falta é só a sabedoria. Tiago poderia escrever assim: 
 
se alguém tem falta de paciência, 
se alguém tem falta de amor, 
se alguém tem falta de entusiasmo, 
se alguém tem falta de fé, 
se alguém tem falta de caráter… e assim por diante.
 
Em qualquer caso, a providência que a pessoa deve tomar é dobrar os joelhos e suplicar exatamente e sem rodeios aquilo de que está precisando. Porque essa oração subentende humildade e honestidade, ela será respondida!

- A oração é uma porta sempre aberta!
 
 
de 'Editora Ultimato/devocionaldiaria'
 
 
                                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!