Esperar é o segredo!

Êxodo 27:14 - De maneira que haja quinze côvados de cortinas de um lado; suas colunas três, e as suas bases três.

Vamos meditar nos diversos pontos deste último verso do salmo 27. Hoje, selecionei o primeiro convite que temos diante de nós: “Esperar”. O salmista afirma: “Espera no Senhor”. Parei um pouquinho para refletir qual o propósito divino em nos fazer aguardar pacientemente suas promessas.

Primeiramente, a espera nos ensina a dádiva da dependência. Você pode rapidamente se inclinar para um estilo de espiritualidade arrogante se alcançar com facilidade tudo o que quiser. O Senhor então te prova com o tempo. A espera te mantém na dependência, reconhecendo com humildade que você precisa da graça divina.

A espera te tornará uma pessoa paciente. A impaciência destrói relacionamentos (quantos namoros você desfez por cobranças impacientes?). Para nos purificar dessa atitude mesquinha, Deus parece demorar em agir em algumas coisas que sabemos que Ele poderia realizar em instantes. Nesse intervalo, vamos sendo modelados e a paciência vai sendo formada em nosso caráter.

Por fim, a espera é um termômetro para Deus nos revelar se de fato dependemos dEle. Quando você murmura por algo que ainda não ocorreu, você está dizendo, de modo espiritual, que Deus não merece sua confiança. Que você o considera incapaz de estar liderando sua vida. É por isso que você anda aguardando tanto.

Comece a descobrir o prazer de viver uma vida de constante confiança em Deus, livre de preocupações com coisas que você sabe que podem ficar em segundo plano. Só daí você descobrirá a verdadeira liberdade, a graça de viver sob o cuidado do Pai Celestial.

O Pai te diz: “Espera! Seja dependente! Seja paciente! Confia em mim! Sou tudo o que você precisa, e o mais a meu tempo acrescentarei!”

Esperar é o segredo! 

Deus te abençõe!
Pastor Sérgio Fernandes


A coroa da vida

"Bem-aventurado o homem que suporta com perseverança a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam." Tiago 1.12 

Aqui vemos duas condições para receber a coroa da vida


Primeiro, suportar a provação. Seguir o Senhor Jesus não significa estar livre de tentações. Pelo contrário! Existem as tentações no espírito que muitas vezes são túneis bem escuros pelos quais nós, como filhos de Deus, temos que passar em nossa vida. 

Nesses momentos parece que o Senhor está bem distante, mas é justamente aí que Ele está bem próximo de nós! Justamente aí a mão transpassada de Jesus nos mantém em pé. Mas também existem as tentações da alma, quando somos colocados em situações que abalam nossas emoções, quando somos afligidos por depressões. 

Mas está escrito que Jesus mora em nossos corações "pela fé", portanto não por meio dos sentimentos! Além disso, também há as tentações do corpo, em que somos afligidos por poderes da enfermidade. Porém o Senhor Jesus é o grande médico.

A segunda condição para receber a coroa da vida é que O amemos. Podemos crer em Jesus, podemos falar dEle com convicção, podemos nos esforçar para seguí-lO, mas o Senhor tem interesse, em primeiro lugar, que O amemos de verdade. Você ama a Jesus? Seu coração bate mais rápido quando se lembra dEle? A Palavra de Deus promete: "O Senhor guarda a todos os que o amam."


por Wim Malgo        
      

Coração que trama projetos iníquos

Os ímpios tramam contra os justos. Há tanta injustiça no mundo que pessoas boas ficam desesperadas. Mas, este quadro será invertido. 

Salmo 37:12-17 diz: "Trama o ímpio contra o justo e contra ele ringe os dentes. Rir-se-á dele o Senhor, pois vê estar-se aproximando o seu dia. Os ímpios arrancam da espada e distendem o arco para abater o pobre e necessitado, para matar os que trilham o reto caminho. A sua espada, porém, lhes traspassará o próprio coração, e os seus arcos serão despedaçados. Mais vale o pouco do justo que a abundância de muitos ímpios. Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas os justos, o Senhor os sustém."

Para entender melhor a atitude de Deus sobre o "coração que trama projetos iníquos", leia Salmo 50:16-23. Este trecho mostra que até pessoas que dizem ser servos do Senhor e até as que ensinam a palavra de Deus podem ser culpadas desse pecado. 


Não adianta pregar a palavra de Deus e usar a mesma boca para difamar irmãos. Não deve condenar os ladrões e adúlteros com a boca enquanto participa dos mesmos pecados.

por Dennis Allan


                       

Linda canção! Kari Jobe - You Are For Me (Legendado)

Esboço magistral, O 'discurso do Monte das Oliveiras'


“o discurso do Monte das Oliveiras, proferido por Jesus imediatamente antes de Sua crucificação, é a passagem profética isolada mais importante de toda a Bíblia. 

É relevante, porque procedeu dos lábios de Jesus logo depois que Ele foi rejeitado por Seu povo e porque proporciona um esboço magistral dos acontecimentos que ocorrerão no fim dos tempos”         Thomas Ice

Lutar pela 'verdadeira batalha'

Quanto antes admitirmos que abrimos mão de nossa responsabilidade pelas almas perdidas, melhor será para a evangelização do mundo. 

Encaremos de frente o fato de que já estamos acostumados ao som dos passos dos perdidos que estão se encaminhando para suas sepulturas sem conhecerem a Jesus. 

Não temos mais a força de chorar pelos perdidos – isso deixou de pesar em nossos corações. As massas sem Jesus não estão convencidas de que estão perdidas, simplesmente porque nós mesmos deixamos de ter a profunda convicção do quanto é terrível a sua situação e do quanto é ainda mais terrível seu destino eterno.

O coração de Paulo sempre sangrava com esse fardo tão pesado: “para isso é que eu também me afadigo, esforçando-me o mais possível, segundo a sua eficácia que opera eficientemente em mim. Gostaria, pois, que soubésseis quão grande luta venho mantendo por vós, pelos laodicenses e por quantos não me viram face a face” (Cl 1.29; Cl 2.1).

A palavra que Paulo usa aqui para falar de sua luta pela salvação de outros é a mesma usada para falar de uma corrida ou de uma renhida disputa na arena.


Arthur Way traduz essa passagem assim: “Com esse alvo eu me empenho muito e luto firmemente, com a extrema força que o poder de Deus inflama em mim”.

Com a palavra “lutar’ o apóstolo Paulo está enfatizando que se trata de uma verdadeira batalha, dura e contínua. Essa luta é pelas almas das pessoas, uma batalha por sua salvação eterna. 
 John Knox sentia esse fardo vindo de Deus quando clamou: “Senhor, dá-me a Escócia ou morrerei”.


trecho do texto de
Herb Hirt 

  

Não mude de rumo


"Tornai-vos para mim, diz o Senhor dos Exércitos, e eu me tornarei para vós outros, diz o Senhor dos Exércitos." Zacarias 1.3

Na vida dos cristãos existe o risco de uma trágica e funesta mudança de rumo que os faz se desviar do melhor que Deus deseja lhes dar. 

Salomão deu meia-volta no caminho da obediência ao Senhor, e o Senhor tomou dele o reinado. 

Himeneu e Alexandre voltaram atrás no caminho da fé viva, tornaram-se blasfemadores e foram entregues a Satanás. 

A Igreja de Jesus corre o perigo de se desviar do caminho do Cordeiro, pois deixando o primeiro amor, e não se arrependendo, seu candeeiro será removido. 

O Senhor chama constante e insistentemente para que retornemos a Ele, para que mudemos e corrijamos o rumo em que nos encontramos.

Ele toca suavemente em nosso coração: "Convertei-vos, pois, ó filhos de Israel, àquele de quem tanto vos afastastes." 

Ele o faz lamentando: "Porque o meu povo é inclinado a desviar-se de mim; se é concitado a dirigir-se acima, ninguém o faz."  

Ele nos chama a retornarmos para Ele e o faz perdoando: "Desfaço as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a nuvem; torna-te para mim, porque eu te remi." 

Ele também chama e inclui uma promessa: "Tornai-vos para mim... e eu me tornarei para vós outros." Nesse contexto, só faz sentido orarmos ao Senhor: "Volta-te, Senhor!" se estivermos realmente dispostos a retornar para Ele!

por Marcel Malgo



 

O foco em Deus, em Cristo e em Sua Palavra

Ao contrário [das teorias e terapias humanas...], a Bíblia coloca o foco em Deus, em Cristo e em Sua Palavra, transferindo-o de nós para Ele, do passado para o serviço presente, e para a esperança da volta de Cristo. 

Ao invés de procurar identificar a personalidade e o temperamento, consultando sistemas especulativos relacionados à psicologia, astrologia e ocultismo, devemos deixar que nossos pensamentos e ações sejam governados pela suficiente e inerrante Palavra de Deus. 

A Sua promessa é que, se observarmos a doutrina em Sua Palavra, Ele dirigirá nossa vida através de "repreensão, correção e educação na justiça" (2 Tm 3.16). Como resultado, homens e mulheres de Deus tornam-se maduros, aperfeiçoados e preparados para toda boa obra (v. 17). 

Pedro nos assegura que Deus "nos tem doado todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude" (2 Pe 1.3). 

Jesus declara que aqueles que permanecem em obediência à Sua Palavra são Seus verdadeiros discípulos, que "conhecem a verdade" e a quem a verdade libertará (Jo 8.31-32). 

Somente os que duvidam de tais promessas ou não querem seguir o caminho da cruz voltam-se para teorias e terapias humanas.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
autor: Dave Hunt
                       

Sua vida é Jesus para alguém

Sua vida é Jesus para alguém.

Sua VIDA é Jesus para alguém,
Por mais fraca e falha que possa ser.
Apesar de ser cheio de erros,
Você é tudo de Deus que alguém vai ver.

Sua LINGUA é Jesus para alguém.
Aquela palavra amarga de dor
Falará a um coração sensível
Talvez tudo que ela ouvirá do Senhor.

Seus ALVOS são Jesus para alguém.
O que você tiver em primeiro lugar
São para ele os alvos de um Cristão,
São esses que um dia ele vai procurar.

Sua FIDELIDADE - isto para alguém é Jesus.
Se Ele é fiel em tudo ou não
Depende do dia após dia, da perseverança
Que há em você e em seu coração.

Seu AMOR é Jesus para alguém,
Para aquela que está precisando saber
Se Jesus realmente irá atrás dela
Seja quão longe ela estiver.

Cuidado para que alguém não blasfeme Deus
Eles vão descobrir o que você é.
E o único Jesus que alguns vão ver
É o Jesus que conhecem através de você.

Traduzido e adaptado de "Your Life is Jesus to Someone" de Lola Conley's Devotional.


          

Amor ao inimigo

O amor ao inimigo é um dos maiores desafios para o Cristão. 

Há inimigos que causam dor, perda e até criam obstáculos para o crescimento do Reino. É difícil entender como amor a eles seria a vontade de Deus. Mas, ninguém fez mais contra Deus do que aqueles que crucificaram seu filho Jesus. 

E qual foi o pedido de Jesus para eles? “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo” (Lucas 23:34). 

Como John Stott observou "Se a tortura cruel da crucificação não conseguiu silenciar a oração do Senhor por seus inimigos, que dor, orgulho, preconceito ou preguiça justificaria o silêncio da nossa?" 

Tem algum inimigo precisando da sua oração hoje?

Oração: Santo Deus, nenhum dos meus inimigos fez comigo o que fizeram com Jesus. Ajude-me a sentir mais e mais o perdão de Jesus em meu coração e o amor dEle para com todos. Que todos, especialmente aqueles que pretendem me prejudicar, possam ver Jesus quando olham para mim. Eu sei o quanto todos nós precisamos vê-Lo. No nome de Jesus eu peço. Amém.


trecho do texto de 
Dennis Downing/Devocional diário JESUS DISSE



Se olharmos para JESUS continuamente...

Jesus também é Aquele que conclui, que completa, a fé. Ele terminará o que originou. Completará o que inaugurou. Se olharmos para Ele continuamente, Ele terminará e completará a fé de que precisamos para a corrida celestial.  



Conservemos os nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio dele que a nossa fé começa, e é ele quem a aperfeiçoa. Ele não deixou que a cruz fizesse com que ele desistisse. Pelo contrário, por causa da alegria que lhe foi prometida, ele não se importou com a humilhação de morrer na cruz e agora está sentado do lado direito do trono de Deus.  (Hebreus 12.2)


W.Lee





Existe uma grande necessidade de fidelidade


“...o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado fiel.”. 1 Coríntios 4.2 

 
Existe uma grande necessidade de fidelidade.


Ser fiel ao seu cônjuge, ser fiel em seu trabalho, ser fiel com a igreja. No entanto, o indivíduo tem se esquecido de ser fiel à Deus e à Sua Palavra. 

Vários dos ensinamentos da Palavra de Deus têm sido colocados de lado, sendo considerados como ensinamentos ultrapassados e que não servem mais para os dias de hoje.

Nessa mensagem, Haroldo Reimer quer compartilhar conosco que ser fiel à Palavra de Deus é algo imprescindível para o autêntico cristão. 


Deus é o mesmo ontem, hoje e eternamente! Por isso, o desafio para nós é: “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida”. Ap 2.10

Haroldo Reimer 

DEUS, Ele é o Sustentador


Deus também sustenta todas as coisas. O Salmo 104 transborda em louvor pelo poder sustentador de Deus:

“Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Senhor, Deus meu, como tu és magnificente: sobrevestido de glória e majestade, (...)


 Lançaste os fundamentos da terra, para que ela não vacile em tempo nenhum.

 (...) Puseste às águas divisa que não ultrapassarão, para que não tornem a cobrir a terra.

 (...) Fazes crescer a relva para os animais e as plantas, para o serviço do homem, de sorte que da terra tire o seu pão.

 (...) Fez a lua para marcar o tempo; o sol conhece a hora do seu ocaso.

 (...) Todos esperam de ti que lhes dês de comer a seu tempo. Se lhes dás, eles o recolhem; se abres a mão, eles se fartam de bens. Se ocultas o rosto, eles se perturbam; se lhes cortas a respiração, morrem e voltam ao seu pó. Envias o teu Espírito, eles são criados, e, assim, renovas a face da terra” (vv. 1,5,9,14,19,27-30).

Se Deus fosse retirar Seu Santo Espírito do universo, todas as coisas entrariam em um espiral e morreriam como quando uma árvore é cortada. Nós vivemos e funcionamos pela força da providência sustentadora de Deus todos os dias. Suportamos dificuldades e o processo de crescermos até a maturidade em Cristo. Recebemos bênçãos em nossa família por causa da graça sustentadora de Deus.


 trecho do texto de Richard D. Emmons

A Nova Vida de Nina


A Palavra de Deus é viva. É ativa e inerentemente poderosa, e o Todo-Poderoso a usa como um cirurgião usa um bisturi, cortando diretamente no coração, e transformando seus leitores para sempre. Essa maravilhosa transformação acontece todos os dias com inúmeras pessoas de todos os tipos de históricos passados, e de todas as partes do globo. 


Segue um exemplo:   A Nova Vida de Nina

Nina era uma mulher judia criada em um lar ortodoxo. Ela se aposentou nos anos 1960 e foi morar no lugar ao qual chamava de “a terra de Deus” – Atlantic City, no estado de Nova Jersey, EUA. Um dia, enquanto estava sentada em um banco junto à calçada, ela ganhou um Novo Testamento de uma transeunte. Daí em diante, todos os dias, Nina se sentava no banco na calçada em Atlantic City e lia alguns capítulos de seu novo livro. Quanto mais ela lia, mais convencida ficava de que estava lendo um livro judeu, como ela mesma dizia.

Logo Nina começou a observar pequenas mudanças em sua vida. Ela já não tinha um temperamento encrenqueiro, nem contava mais lorotas para suavizar situações sociais. Ela não estava se esforçando para produzir essas mudanças, mesmo assim, sabia que elas estavam acontecendo. Nina ficou confusa. Ela sabia que já não era mais a mesma.

Buscando pelas respostas, ela se aproximou de uma amiga cristã e pediu-lhe para ajudá-la a entender o que estava acontecendo. 


Ela ficou sabendo que ler a Palavra de Deus era o que estava transformando sua vida.  

Ela percebeu que a Bíblia não era como outros livros.
Era poderosa, tão poderosa que convenceu Nina a confiar em Jesus. Foi assim que Nina começou sua nova vida.   

trecho adaptado do texto de
          Steve Herzig



 

Deus nos dá roupas totalmente novas

JUSTIÇA - Que tal um vestido ou um terno novo no Natal?

E se for de um tecido incomparável, que não existe neste mundo; um tecido que supera qualquer criação de estilistas como Lagerfeld, Hugo Boss ou Armani?

Estou falando do manto de justiça feito com o tecido da abundante graça de Deus, cujo estilista é o Criador em pessoa e cujo material é a obra de redenção de Jesus.

A abundância da graça inclui a justiça completa que Deus nos dá, pois, do contrário, graça não seria graça. Não há pecado que Deus não possa nos perdoar em Jesus Cristo.


Deus nos dá roupas totalmente novas, envolvendo-nos na veste da justiça do Salvador.

[...]

Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo” (Rm 5.17).
 
trecho do texto de Norbert Lieth

Apenas ouvir não basta


No capítulo 2 da Carta aos Hebreus, a ênfase é que escutemos o falar de Deus por meio de Jesus Cristo – e obviamente pratiquemos o que ouvimos. Afinal, devemos ser não apenas meros ouvintes mas praticantes da Palavra de Deus (Tg 1.22).

Apenas ouvir não basta, é o que nos diz Lucas 11.28:

“Bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!” Guardar a Palavra é colocá-la em prática.

Thomas Lieth



Feliz 2014