Amor ativo

Um jovem ficou gravemente ferido em um acidente de carro. Durante sua convalescência no hospital, a atitude do ortopedista que lhe atendia o impressionou muito. Esse médico se destacava por suas qualidades e méritos. Embora bastante ocupado, nunca ficava impaciente, e sempre falava palavras amáveis para todos. Além disso, trabalhava mais do que era obrigado. Às vezes voltava ao hospital após seu plantão para ajudar algum paciente em estado extremamente grave.

Quando o jovem se recuperou, teve de ir ao consultório médico para uma última avaliação. Então olhou bem nos olhos e perguntou:

– Doutor, qual é o seu segredo? Seja qual for, eu também quero isso o que o senhor tem.

O ortopedista respondeu que era um cristão e contou como havia se convertido a Jesus Cristo.

O jovem viu na vida desse médico o verdadeiro amor cristão, e isso o atraiu ao Senhor Jesus. É imprescindível que nosso próximo possa sentir que o amor não é algo teórico, mas que é real na prática, no dia a dia. Que maravilha seria se nossa vida como cristãos deixasse impressões indeléveis nos outros! 


Nossa responsabilidade como filhos de Deus é compartilhar com os demais, em todos os momentos, o amor e a graça que sempre experimentamos da parte de nosso Senhor.

Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição (Colossenses 3:12 e 14). 


de "Encontre a paz"

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!