EM AMOR, DEUS TOMOU A INICIATIVA

A vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.

E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou
                (Gálatas 2:20; 2 Coríntios 5:15)



Hoje em dia há tantas e tão diferentes ideologias e religiões que não é incomum as pessoas se sentirem perdidas. Elas ficam à deriva neste turbilhão de crenças, vagando de um lado para outro, procurando algo em que crer.

Ao final de uma reunião bíblica, quatro jovens perguntaram ao pregador: “Por que estamos vivos?” Havia um misto de curiosidade e provocação na voz deles. O pregador percebeu o quanto a insegurança e o medo estavam enraizados no coração daqueles jovens e respondeu simplesmente:

“Porque Deus ama vocês”. Ele explicou que há somente uma única coisa que dá sentido à nossa existência. As pessoas necessitam, para viver plenamente, de Deus e de Seu amor. Se elas se omitirem ou se afastarem disso, a vida torna-se completamente vazia de significado. 

Por causa de Seu amor por Suas criaturas, Deus agiu: “Nisto se manifestou a caridade de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos” (1 João 4:9).
Receber o amor de Deus implica aceitar Jesus Cristo, Seu Filho. Isso envolve o reconhecimento pessoal de que a Sua obra na cruz foi feita em nosso benefício. 

Temos recebido esse amor?

Em Seu amor, Deus tomou a iniciativa. Como temos respondido a ela? A única resposta adequada de nossa parte é amar a Deus também. “Nós o amamos porque ele nos amou primeiro” (1 João 4:19).

Devocional 'apaz'


Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!