Se somos cristãos, a explicação das coisas profundas em nossa vida se encontra em Cristo. “Eu sou Jesus”.

Atos dos Apóstolos 9:5 - E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões. 


No caminho de Damasco, um clarão cega os olhos de Saulo de Tarso. E uma voz poderosa identifica o seu nome: “Saulo, Saulo, por que me persegues?” - Atônito, Saulo pergunta: “Quem és Senhor?” – Disse o Senhor: “Eu sou Jesus, a quem tu persegues” (Atos 9:5).

Quando passam por experiências impactantes, as pessoas naturalmente procuram alguma explicação: “foi muito azar”, “foi o destino”, “foi a pressão social”, “foi minha infância”. A necessidade de algo que justifique é tão grande que, mesmo sem muita lógica, estórias sem pé nem cabeça recebem a categoria de explicação oficial.

A Bíblia é muito clara. Quando perguntada, ela responde e assume. 

Para a Bíblia, “Jesus é tudo, em todos”. Por isso, não é de estranhar a resposta de Mestre à pergunta de Saulo. Ao dizer “Eu sou Jesus”, o Senhor não perde tempo com discussões teológicas. Saulo sabia muito bem que Jesus tinha sido crucificado. Mesmo assim, a resposta foi simples: ”Eu sou Jesus”. 

Por isso, mesmo hoje em dia, se perguntarmos ao Senhor a razão de nossas experiências impactantes, a resposta será a mesma. Se somos cristãos, a explicação das coisas profundas em nossa vida se encontra em Cristo. “Eu sou Jesus”.

por  Pr. Olavo Feijó



Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário sempre é bem-vindo!